acordo fotográfico

/ domingo, abril 07, 2013 /
A portuguesa Sandra Bradão Nobre, 40, utiliza os livros como combustível para se sentir viva.
"Não posso viver sem ler. Costumo dizer que quando não o faço fico rabugenta. Leio desde pequena e algumas das minhas memórias mais remotas prendem-se com livros."

Autora do Acordo Fotográfico, Sandra, reúne no blog: livros, gente, fotografia e o ritual de ler. Conversa com elas e conta suas histórias. Escolheu esse nome para o projeto porque "queria um nome que remetesse para a fotografia, a literatura/língua e também para o consentimento das pessoas fotografadas para que as suas fotos fossem publicadas na internet. Na altura em que comecei a pensar no blog estava forte a polêmica sobre o novo Acordo Ortográfico para a língua portuguesa. Uma brincadeira, portanto. Um jogo de palavras."


Em Porto, norte de Portugal, ela trabalha como coordenadora de uma equipe de gestão de conteúdos da www.wook.pt, a maior livraria online do país. Em suma, a literatura não permaneceu apenas nas memórias de infância. Sandra é cercada por ela no seu cotidiano, e em seu tempo livre, é a ela que recorre. 
Sobre as experiências que vive ao fotografar os leitores, ela conta "Fotografo quem encontro, por mero acaso, a ler em locais públicos. A esmagadora maioria são pessoas anônimas, que nunca tinha conhecido antes. Mas tenho no blog alguns colegas de trabalho que aproveitam a hora de almoço para ler em locais que ficam perto da empresa onde trabalhamos. Passei por eles e os apanhei em 'flagrante leitura', por isso fiz as fotografias. Mas nada foi combinado. Isso desvirtuaria completamente o espírito do blog. Fotografo sobretudo no Porto, onde trabalho, e em Matosinhos, onde vivo. Aproveito as horas de almoço durante a semana e ao fim de semana, se saio de casa por qualquer motivo, levo sempre a câmera. Também o faço quando viajo, como aconteceu em junho do ano passado em Berlim e agora na China, onde já fotografei alguns leitores. Converso sempre com eles, primeiro porque peço sempre autorização para fotografá-los e, depois, porque preciso saber o que leem e porquê para poder escrever o texto que acompanha a fotografia. Todas as histórias que acompanham as fotos são reais e são várias as que me marcaram".


Vai lá! Conheça!
Tem uma história mais legal que a outra: acordofotografico.blogspot.com.br :)

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário